terça-feira, 16 de dezembro de 2008

conexão

 "Descobri ainda que não venci,
 fui uma grande perdedora, 
mas mesmo assim, 
fico agradecida pela experiência.
 Saber perder também requer aprendizado."

Estou fazendo conexão.
Estou vivendo uma fase incrível,
fase de redescoberta.

Sinto que aprecio trabalhar com a cura.
Sinto que preciso curar
minhas feridas internas.

Percebo que estou aprendendo.
E isto é bom!

domingo, 7 de dezembro de 2008

Fiscal do vestibular

Quantas vezes estive ali fazendo aquele caderno de provas. Lembro-me bem, pois todo o meu emocional ficava alterado. É um exercício de raciocínio muito grande. Há a necessidade de resgatar da memória conhecimentos que muitas vezes adquirimos em época tão remota. É, de fato, um trabalho intelectual. Um momento que se é obrigado a transpirar conhecimento. 

O pior é quando a gente se obriga a passar. Tal compromisso é capaz de desconcertar o sistema nervoso central. Sabe o que é ficar sem voz? Simplesmente não sair nenhum som de sua boca? Isto é o resultado da utilização inadequada do nosso corpo. O sistema nervoso é um equipamento fantástico, mas que funciona mal sobre pressão.

A meditação promove o clima ideal para o aprimoramento e a intensificação da mente. Todo e qualquer exercício intelectual deveria ser precedido de uma excelente meditação.

Treinar, treinar e treinar, sem meditar não é garantia de sucesso. Meditar, treinar e meditar é um excelente caminho para desenvolver a capacidade de produção. Experimente, mal não faz!

domingo, 26 de outubro de 2008

Alegria Atenta

Lembrando esses ensinamentos enquanto passeio tão livremente de bicicleta pelo entardecer de Bali, faço preces que na verdade são promessas, nas quais apresento meu estado de harmonia a Deus e digo: "É isto que eu gostaria de manter. Por favor, ajude-me a memorizar esta sensação de contentamento e ajude-me a sustentá-la." Estou colocando essa felicidade em um banco em algum lugar, não apenas garantida pelo governo contra uma eventual bancarrota, mas protegida por meus quatro irmãos espirituais, mantida ali como um seguro contra as futuras dificuldades da vida. Essa é uma prática que passei a chamar de "Alegria Atenta"."Elizabeth Gibert
Comer, Rezar Amar

sábado, 18 de outubro de 2008

[:)]

-------\\|/-------
------( @@)-------
---ooO--(_)--Ooo----

sábado, 11 de outubro de 2008

Contrato com a Felicidade

"Estou sempre me lembrando de um dos ensinamentos da minha Guru sobre felicidade. Ela diz que as pessoas tendem a pensar universalmente que a felicidade é um golpe de sorte, algo que talvez lhe aconteça se você tiver sorte suficiente, como o tempo bom. Mas não é assim que a felicidade funciona. A felicidade é conseqüência de um esforço pessoal. Você luta por ela, fez força para obtê-la, insiste nela, e algumas vezes viaja o mundo à sua procura. Você precisa participar o tempo todo das manifestações de suas próprias bênçãos. E, uma vez alcançado um estado de felicidade, nunca deve relaxar em sua manutenção, deve fazer um esforço sobre-humano para continuar para sempre nadando contra a corrente rumo a essa felicidade, para permanecer flutuando em cima dela. Se não fizer isso, seu contentamento interno irá se esvair. É muito fácil rezar quando se está passando por um momento difícil, mas continuar a rezar mesmo quando a sua crise já passou é como um processo de selamento, que ajuda sua alma a se aferrar às coisas boas que conquistou.
  Elizabeth Gibert
Comer, Rezar Amar

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Vida Nova


Estou em uma fase mais calma, mais feliz. Continuo com pouco tempo, mas estou tão contente com minha nova vida. Engraçado, mas estou realmente em uma nova vida. Sinto como se tivesse vivido tudo que vivi e agora retornei ao exato ponto de onde comecei. É estranho, porém me é muito verdadeiro. Voltei, simplesmente voltei, se eu fosse datar, diria que estou vivendo tudo que deixei de viver, que estou no ano de 1983. Agora estou terminando o segundo grau e indo fazer uma faculdade. Agora piloto uma bicicleta linda, encantadora; vivo as aventuras de ser uma ciclista no meio de tantos carros senhores absolutos, vivo a minha soberania, meus sonhos de hippie naturalista, defensora do mundo. Caminho de cabeça erguida, como se caminhasse em uma passarela. Vejo-me constantemente bajulando-me. Percebo que tenho orgulho de ser quem sou. Pego-me tirando o chapéu para mim, ou seja, congratulando-me por existir.

Continuo sem nenhum tipo de segurança material, continuo nada tendo, mas isto me confere uma leveza, uma liberdade. Meio contraditório, pois é difícil imaginar alguém livre tendo que produzir para se sustentar, entretanto, sinto-me como um lírio do campo.

Tenho que cuidar da casa e das muitas pessoas que lá moram, mas faço tudo com amor e dedicação. Vejo-me totalmente sem tempo para muitas coisas, mas ao mesmo tempo, fico contente por estar fazendo a minha parte. Estou cuidando da minha sogra com todo amor do mundo. Dedico a ela um amor especial, um tributo à vida. Vejo nela a luta e a indignação de todas as mulheres. Ainda tenho que domar a fera que mora dentro da minha filha, que não aceita a avó. Porém, nem isto me deixa menos decidida. Tenho fé que minha filha entenderá a avó. Perceberá que o que ela não aprova na avó é o que ela também tem dentro dela. É insuportável conviver com os próprios defeitos.

Algo mágico aconteceu em minha vida. Eu a recebi de volta, simplesmente voltei. Voltei a ser a Elisa que sempre fui, mas que ficou sufocada no meio de muitos entulhos, no meio de muitos deveria, muitas cobranças inadequadas, que eu escolhi viver. Sim, aceitar que escolhi viver tudo que vivi coloca-me dona de mim mesma. Sou a única responsável por mim mesma. 

 Descobri ainda que não venci, fui uma grande perdedora, mas mesmo assim, fico agradecida pela experiência. Saber perder também requer aprendizado. 

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Mudanças

Transformação, que leva à outras dimensões!
Sim, a mudança modifica tudo ao nosso redor
e isso reflete em nosso interior.
Bom, agora que a minha mudança está criando raízes,
está na hora de partilhar as boas novas.

Muitas vezes me pego sofrendo em vão,
deve ser hábito, péssimo hábito.

Porém a mudança alterou meu foco!
Jogou luz aonde só havia névoas, fui capaz de atravessar as Brumas
e alcançar Avalon.

Quem lê este blog sabe da minha paixão por uma vida verde.
Estou até fazendo uma disciplina de Plantas Medicinais, agora chamadas Bioativas,
para melhor expressar as infinitas possibilidades que elas apresentam.
Pois é, nós também apresentamos infinitas possibilidades!

Foi nessa infinitude que enxerguei minha vida natural, de sítio, em plena cidade.
Então, descobri que posso ter uma horta.
Pus mãos à obra!
Agora estou construindo minha horta.
Uma horta tão irreverente, tão dona de si, confesso,
estou apaixonada por ela.
Isto que ela ainda é apenas uma frágil semente.
Semente de idéia!

Quase esqueço de contar:
Resgatei minha bicicleta do porão da casa antiga.
Lá estava ela, cheia de fé em mim;
Passou vinte anos no limbo, entretanto nunca perdeu a fé em mim.
Deve ter rezado dia e noite naquele lugar frio, úmido,
ih, nem bom continuar esta definição.............
Não quero assustar meus escassos leitores,
pois corro o risco de escrever sozinha, não que escrever se faça acompanhada,
refiro-me a ficar sem leitor.
Que triste!

Voltando, a fé da minha bicicleta em mim, resgatou-me.
Uma Elisa mais pesada uns dez quilos, uns vinte anos à mais e com
uma idéia da vida bem diferente de então.
Porém nenhum destes mórbidos detalhes assustou a minha bicicleta.
E sua fé promoveu um milagre.
Enxugou alguns quilos,
liquidou com o excesso de colesterol ruim,
e, de gorjeta, remoçou aquela alma.

Foi muito além,
tornou-se uma bicicleta acadêmica,
não falta nem quando chove,
é a única no bicicletário, toda imponente,
majestosa!
Em dias de sol, fica lá toda feliz junto com as amiguinhas.


E foi ela que foi comigo nas leiras,
olha, não tenho certeza deste termo:
leira. Porém tenho certeza que fomos lá aonde tem leiras
buscar terra para a horta.
Que aventura, nós duas carregando aquela terra linda.
Aprendi sobre as leiras na aula de Plantas Medicinais.
As leiras transformam o lixo Universitário em terra de altíssima qualidade.

Bom, as leiras ficam para outro dia...............
volto e conto tudinho sobre elas, prometo!
[:P]

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Bruxa dormindo.............

Já passa da meia noite, hora de dormir, ainda estou aqui, preciso ir..................
Dormir é bom, renova as energias, fornece material
 para construção dos sonhos.
Que devem ser belos e doces, de tal forma que altera a realidade deste mundo.
Mundo tão sólido!
Que haja mais flexibilidade!
Luz e magia.
Para encantar, postei uma foto da Bruxinha dormindo!
Quais sonhos carrega esta bruxinha em seu coração?

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Histórias tristes também são conto de Fadas.

A vida sempre é envolta por uma névoa de mistérios.
A verdade sempre foge aos nossos olhos e entendimento. Quantas vezes lamentamos, quando na verdade deveríamos estar celebrando?
E quantas vezes festejamos, quando deveríamos estar cauterizando as feridas?
Muito provavelmente não acreditaria nesta história se a ouvisse. Entretanto, até nisso a vida tem seus caprichos. Sabendo desta minha peculariedade de duvidar quase sempre, me colocou como testemunha dos fatos.
Assim, um rapaz jovem, saudável, estudando em uma excelente faculdade pública, com dinheiro e cheio de vida. Um outro jovem, idealista, saudável, atleta, batalhando por seu sonho, feliz e cheio de vida.
Um noturno, outro diurno.
 Um bebendo e o outro praticando esporte.
 Um de carro, o outro de bicicleta.
Um encontro......
Antes de narrar o encontro, voltarei uma semana no tempo:
Lei seca, para muitos excelente lei, para outros, péssima lei.
Amanhecendo Domingo, uma blitz, um jovem preocupado:
"Tou perdido!"
Um outro jovem, ao ser parado, faz o inusitado, foge, então nosso jovem que se achou perdido é salvo, pois os policiais largam tudo e vão atrás do fujão.
"Bah, que sorte, puxa, sou mesmo um cara de sorte."
 Sorte? Azar? Destino?
Agora já é outro fim de semana, nosso jovem vai curtir a vida, com um certo gosto de vitória, um sentimento de ser indestrutível, um cara de "sorte".
Como um bom Deus, bebeu, sentia-se acima de qualquer lei. Bebeu muito, até amanhecer o dia.
Novamente Domingo! Apenas sete dias separava um Domingo daquele outro. 
Neste mesmo momento, nosso outro jovem acordou cedo, estava feliz, foi a primeira vez que acordou em sua nova morada, antes morava longe do local do treino, agora não mais.
Estava iniciando seu treino, enquanto o outro jovem finalizava sua bebedeira.
Foi neste momento que se encontraram, dois olhares, duas vidas, um destino.
Um carro, uma bicicleta, um único espaço. Tão juntos, tão próximos e tão distantes.
Um encontro que alterou milhares de vidas em um único tempo.
Um foi morar no céu e o outro para o inferno do sentimento de culpa.
Duas vidas perdidas, uma para o Céu e outra para a Terra.

É um milagre, a vida é um milagre!

sábado, 26 de julho de 2008

Perdão

Visualização:
Perdão Se quiseres ser saudável,
se quiseres ter perfeita saúde,
terás que saber perdoar, assim dizem os Mestres...

Deixo tudo que me torna triste e infeliz, perdôo a todos que foram injustos comigo... e peço perdão pelos meus erros... Quero viver em Paz com todas as pessoas e peço aos amados amigos Anjos que tornem as minhas energias purificadas e com elas estabeleçam o equilíbrio onde ainda necessito de aperfeiçoamento.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Cura

Zen Tarot Card
Curando

Você é quem carrega a sua chaga. Enquanto existir o ego, o seu ser como um todo será uma ferida.

Tente isso, apenas por vinte e quatro horas: aceitação total, aconteça o que acontecer. Se alguém o insultar, aceite a ofensa, não reaja, e veja o que acontece. De repente, você sentirá fluindo em você, uma energia nunca antes percebida.

Osho The Empty Boat Chapter 10


Este é um tempo em que as feridas do passado profundamente enterradas afloram para ser curadas.

Osho

Zen Tarot Card
Relâmpago


Osho Isan: No Footprints in the Blue Sky Chapter 4

Tente assistir à destruição com desprendimento, quase como se isso estivesse acontecendo com uma outra pessoa. Diga "sim" ao processo ao encontrá-lo a meio caminho.

:


É hora de dar uma olhadela no seu próprio reflexo no lago, e de tomar a iniciativa de libertar-se do que quer que lhe tenha sido imposto como condicionamento pelos outros, com o objetivo de fazer você acreditar em qualquer coisa a seu respeito. Dance, corra, mexa-se, fale uma língua inexistente -- tudo o que for necessário para acordar o leão adormecido dentro de você.



Zen Tarot Card
Mudança

A vida segue repetindo-se despreocupadamente --

Se lhe for possível observar apenas por alguns dias, você perceberá um padrão se definindo: o esquema da roda. Em um dia, numa bela manhã, você se sente tão bem, tão feliz e, no outro dia, está chateado, tão infeliz, que começa a pensar em cometer suicídio. Há apenas alguns dias você se sentiu tão cheio de vida, tão abençoado, que agradecia a Deus, pois você estava num estado de espírito de profunda gratidão, e hoje há um grande sentimento de inconformismo, e você não vê razão que justifique continuar vivendo...
E essa alternância vai se repetindo, mas a gente não chega a perceber o padrão.
Uma vez que você perceba o padrão, você pode libertar-se dele.

Osho Take it Easy, Volume 1 Chapter 7

. Todos os opostos têm um papel nesse vasto esquema circular. Se você se agarrar à borda da roda, poderá ficar tonto! Avance em direção ao centro do ciclone e relaxe, sabendo que esse estado também passará.

Amor

7 PRATIQUE O AMOR (CONNESSIONE) Em inúmeras pinturas de Leonardo, especialmente as Madonas, transparece a intenção de retratar a face do amor divino. Para ele, o amor era a força por meio da qual se conectava a todo o resto. Tanto que escreveu: “O amor por si só me recorda de que é somente o amor que me faz consciente”. Em seus quadros, ao retratar com precisão a natureza, ele revelava seu amor pelas criações de Deus. Embora tenha se baseado em observações e análise científicas, e não em filosofia religiosa, a intuição de Leonardo sobre o padrão que liga tudo também se reflete na sabedoria espiritual universal. Por isso, sua lição é aprimorar conscientemente nossa conexão com algo maior que nós, todos os dias, por meio da prática do amor e de virtudes como gentileza, perdão, compaixão e caridade. Assim, disse Leonardo, “a virtude é nosso verdadeiro bem e a verdadeira recompensa daquele que a possui. Ela encontra abrigo em um coração nobre, assim como os pássaros nos galhos floridos das árvores”.

“O amor por si só me recorda de que é somente o amor que me faz consciente”.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Integração

6 ALIMENTE A INTEGRAÇÃO (CORPORALITÀ) A famosa ilustração de Leonardo chamada Homem Vitruviano (um corpo nu de braços e pernas abertos, circunscrito em um quadrado e um círculo) se tornou um símbolo universal da integração de mente, corpo e espírito. Apesar da busca pela beleza, em seus estudos de anatomia o artista procurou entender os segredos do corpo e, assim, alcançou uma nova compreensão da saúde e da cura. Entendimento que é quase uma profecia da abordagem holística (de holos, “todo” em grego) da medicina atual. Os antigos chamavam o homem de microcosmo”, escreveu da Vinci, “e com certeza o termo foi bem escolhido.” Tanto que ele aconselhava: “Aquele que deseja manter-se em boa saúde deve evitar estados de espírito soturnos e manter a mente alegre”. Leonardo cultivava esse viés holístico em seus estudos, sempre procurando estabelecer conexões e compreender a relação entre as partes no todo. Por isso, em seu livro, Gelb nos convida a entender o corpo não só como um templo do espírito mas como um sistema de energia, cujo fluxo deve estar em harmonia com o do mundo ao redor.

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Equilíbrio

5 CULTIVE O EQUILÍBRIO (ARTE/SCIENZA) O que faz de Mona Lisa uma pintura tão fascinante? Um dos fatores é, certamente, o feito de Leonardo conciliar arte e ciência, a habilidade técnica e o conhecimento da anatomia com a fantasia de criador. Dono de uma arguta mente científica, interessado em física, química e matemática, ele aconselhava seus estudantes a contemplar formas abstratas, como nuvens e fumaça, como um estímulo à imaginação. O ar ambíguo de Mona Lisa a tornou um símbolo universal da representação do equilíbrio entre masculino e feminino, luz e sombra, energia yin (ativa e assertiva) e yang (passiva e receptiva).

Segundo Michael Gelb, é um modelo de comportamento que significa saber discernir os momentos em que devemos ser pacientes e receptivos ou impetuosos e empreendedores.

Leonardo aconselhava seus estudantes a contemplar formas abstratas, como nuvens e fumaça, como um estímulo à imaginação.

Usar a imaginação! Parece simples, porém é muito difícil.
É preciso coragem para sonhar, exige ousadia.
Então ouse, busque seus sonhos e celebre a vida.
Mesmo que seja na sua imaginação. Bons sonhos!

terça-feira, 22 de julho de 2008

Sombra

4 ENFRENTE A SOMBRA (SFUMATO) Essa palavra, derivada do latim fumus, descreve a qualidade brumosa e misteriosa das pinturas de Leonardo – e o melhor exemplo é a Mona Lisa. O efeito era complementado por outra técnica criada por ele: o chiaroscuro, o dramático contraponto de luz e sombra. Em muitas de suas obras, as figuras emergem da escuridão para a luz, da mesma forma que o artista representava o lado negro da natureza humana – inclusive o seu próprio. No século 20, o psicólogo suíço Carl Jung referiu-se a esse lado escuro como a sombra, enfatizando que, ao reprimi- la ou negá-la, só aumentamos seu poder. Como ela é inconsciente, para canalizar sua energia em direções positivas, diz Gelb, precisamos reconhecer o que projetamos sobre outras pessoas e começar a reconhecer as manifestações de juízos exageradamente negativos sobre os outros, os sentimentos de inveja ou superioridade e as ações movidas pelo impulso cego.

Quando somos capazes de olhar os nossos sentimentos, então, somos capazes de comandar nossas vidas.

domingo, 20 de julho de 2008

Percepção

Inteligência do Coração/Isabelle Filliozat
1998. Editora Campos Ltda.

"O indivíduo autônomo é aquele que cria suas próprias regras de vida,
aquele que escuta seu coração.
Não é um rebelde. Aceita as regras da vida em comum,
mas não tolera a injustiça. pg. xv"

(,") ♥/(",)\ .
./‡\. . ./*\._

......@@...........
...@(´;´)@........
.0==/--\==0.....
......./___\..........

Hoje é o dia de ampliar a percepção, de tal forma que possa alcançar outras dimensões!

3 AGUÇE A PERCEPÇÃO (SENSAZIONE) Podemos desenvolver a percepção refinando os sentidos, como fez Leonardo. Assim ele viu coisas que ninguém mais era capaz de ver, como os detalhes dos movimentos de um pássaro e as nuances da luz do pôr-do-sol, que reproduziu em seus quadros. Para isso, alimentou sua sensibilidade perceptiva: trabalhava ao som de boa música, apreciava a textura dos tecidos finos, criou sua própria colônia (feita de lavanda e água de rosas) e se cercava de elegância e beleza.

“os sentidos são os sacerdotes da alma”, conforme escreveu Leonardo da Vinci!

O meu olhar vezes é tão distante, que enxergo outros mundos, outros rostos, outras pessoas. Entretanto, quando volto, sou capaz de entrar na alma que está ao meu lado, mesmo que seja um ser inanimado. Estas viagens preenchem minha vida, colocam sentindo, força e coragem.

A Importância da Árvore
Os Celtas viam na árvore, não só a essência da vida, e sim um recurso para prever o futuro.

Do site templodoconhecimento

sábado, 19 de julho de 2008

Exercícios

Contendo exercícios que têm como objetivo ajudar o leitor a colocar cada um desses sete princípios em uso, além de um guia para uma auto-avaliação e provérbios inspiradores das maiores tradições de sabedoria do mundo, Da Vinci Decodificado oferece toda uma gama de ferramentas para serem usadas em uma verdadeira jornada interior. Nas palavras do médico e escritor indiano Deepak Chopra, "ao captar a essência da vida e do gênio de Leonardo Da Vinci - a integração aparentemente perfeita de mente, corpo, espírito e alma -

2 ASSUMA A RESPONSABILIDADE (DIMOSTRAZIONE) Leonardo ajudou a construir uma visão de mundo original, baseada na observação e na experiência. Numa época em que prevaleciam o obscurantismo e os dogmas impostos pela Igreja, o artista sofreu inúmeras acusações. Porém nunca perdeu a coragem de persistir em suas pesquisas, considerando-se responsável por seus próprios julgamentos e procurando libertar- se de idéias e opiniões préconcebidas. “A maior ilusão que acomete o homem vem de suas próprias opiniões”, escreveu em seus cadernos. Ao cultivar o princípio da demonstração, ele mostrava que somos responsáveis por nossos atos, pensamentos e intenções. Ou seja, quando nos tornamos artífices dos resultados de nossa vida, fazemos escolhas mais sábias.

Ser artesão da própria vida!
Tão poético e ao mesmo tempo tão cheio de poder!
Precisamos nos conceder o dom de tecer nossas vidas.
Fazer da vida um dom a ser celebrado.

Tempo de refletir sobre a responsabilidade que temos com a vida.
Veja sua vida, veja a vida que envolve seu mundo,
veja sua responsabilidade na vida.
Viva! Aproveite a vida!

Reflita enquanto aguarda para amanhã:
3 AGUÇE A PERCEPÇÃO (SENSAZIONE)

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Vinci

As sete chaves de Da Vinci

Michael J. Gelb, pesquisador e estudioso pioneiro nas áreas do pensamento criativo, é um dos responsáveis pela atual fascinação por tudo que se relacione a Leonardo Da Vinci. Em sua obra Aprenda a Pensar com Leonardo Da Vinci, o autor mostrou de que forma é possível utilizar os sete princípios de Da Vinci para desenvolver um potencial criativo.


As sete chaves de Da Vinci

1 BUSQUE A VERDADE (CURIOSITÀ) Na busca de compreender a origem da vida e os mistérios da criação, Leonardo estudou incansavelmente o corpo humano. Exemplar da curiosidade do artista, seu desenho do embrião humano foi a primeira representação do tema. Ele mostra como todos nascemos com o desejo de saber e buscar a verdade. No livro, Gelb afirma: cada criança nasce com um potencial de genialidade, que, na maior parte dos casos, é perdido gradativamente ao longo dos anos. No livro, o consultor salienta que um dos passos para resgatar essa semente original é se tornar de novo uma criança, procurando observar o mundo e os outros com o olhar infantil da inocência, do não-julgamento e do interesse a respeito da vida.

Sim, um olhar de inocência, de não julgamento e de interesse. Parece tão simples, mas é tão difícil encontrar pessoas que são capazes deste desprendimento. O ser humano está assustado e sozinho em um mundo tão grande, tão cheio de facilidades para a comunicação e, esta, tão distante de atingir seu real objetivo: conectar almas.
Vamos fazer uma reflexão sobre a busca da verdade?
Olhe seu coração, reflita e depois poste sua opinião à respeito!
Amanhã trago "
2 ASSUMA A RESPONSABILIDADE (DIMOSTRAZIONE)"
Sonhe, ouse sonhar, mantenha a chama da esperança sempre viva dentro de você!

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Responsabilidade

"Você foi criado numa cultura que lhe ensinou que você não é responsável por seus sentimentos, mas a verdade é que é responsável por seus sentimentos, sim."
veja as mensagens que usamos:
- "você me magoa".- "tenho medo de lugares altos".- "não posso me sentir diferente"- "vc me faz passar vergonha em público." Cada afirmação contém a mensagem intríseca de que você não é responsável pela maneira como se sente.

Agora vamos modificar, de modo a refletir o fato de que você comanda sua maneira de sentir
e de que seus sentimentos vêm dos pensamentos que você tem a respeito de tudo.
- eu me magôo por causa das coisas que digo a mim mesmo sobre sua reação para comigo.
- assusto a mim mesmo nos lugares altos.
- posso alterar minha maneira de sentir, mas preferi ficar ansioso.
- fiz com que eu mesmo me sentisse envergonhado ao dar mais valor às suas opiniões a meu respeito do que às minhas opiniões próprias e ao acreditar que as outras pessoas fariam o mesmo.

"Amar a si mesmo significa aceitar-se como pessoa que tem valor,
porque decidiu ter valor."

"Naturalmente que você não vai obter aprovação de todas as pessoas para tudo aquilo que fizer, mas quando vir a si próprio como tendo valia, nunca ficará deprimido se não conseguir aprovação. A desaprovação será encarada por você como uma conseqüência natural de viver neste planeta, onde as pessoas têm suas percepções individualmente."

Só você mesmo pode melhorar sua própria sorte ou construir sua própria felicidade. Depende de você assumir o comando de sua mente e começar a praticar sentimentos e comportamentos escolhidos por você mesmo.Se você acredita em si próprio, não há atividade que esteja além de seu potencial.Você é um pilar de força, não vai se desintegrar ao entrar em contato com algo novo.Você pode fazer qualquer coisa que quer, porque quer e por nenhuma outra razão.

"Se você é um produto acabado, embrulhado e guardado, então parou de crescer e embora queira muito apegar-se a alguns "eu sou", pode descobrir que outros são simplesmente limitativos e autodestrutivos."
"Os rótulos o capacitam a evitar o trabalho difícil e o risco de tentar mudar."

copiei do livro Seus Pontos Fracos, do Dr. Wayne W. Dyer

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Lua

Então, estava procurando uma Lua para celebrar a belíssima noite de hoje e encontrei a história de uma belíssima gata chamada Lua e deixei este recado para a autora:
Fiquei encantada com a história da Lua! Realmente, um gato preenche nossas vidas, nos promove vida.
Muito já gritei o nome de minha gata, Ricca, apesar de muitos debocharem, a minha felicidade era imensa quando a Ricca aparecia.
Infelizmente a Ricca desembarcou em uma estação no ano de 2004. Estava em uma fase negra de minha vida, acredito que aquele negativismo que rodeava-me matou minha gatinha. Não há como negar, quando a gente precisa dos felinos, eles ficam até sem comer para te apoiar no que for necessário.
Bom, no dia seguinte que a Ricca se foi, fui na rua resgatar um outro gatinho. Hoje vivo feliz com a Penélope, que tem uma personalidade mais doce, mais serena, porém tão companheira quanto à Ricca, que era de gênio forte, bem cítrica.
Beijos!

terça-feira, 15 de julho de 2008

O dom

Conceder o dom é realmente muito mágico e bonito!

Foi por isso que escolhi esta frase:



"Eu me concedo o dom de estar livre do passado

e me volto com alegria para o presente."



Eu me concedo o dom de ser sempre feliz!

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Todos os dias

"Vê que em todas as profissões, podem exercitar valores como a paciência, quando a demora para a finalização da arte se processa; a frustração, quando não se consegue achar o problema no mesmo dia; a perseverança, quando as dificuldades vão aumentando; a auto-estima, quando são mal interpretados em seus caminhos; enfim, para isto serve o trabalho, para o melhoramento planetário e individual."
Do livro Pequena Flor,
de Elisa Maria Machado Lima e
Valéria Preusse Bonfim

Segunda-feira

Que meus sonhos sejam reparadores,
que meu sono seja embalado pelo Eterno,
Que meus caminhos sejam abertos,
que a luz penetre em minha alma.
Louvado seja a vida que tive direito,
Louvado seja a glória de existir,
para todo o sempre,
amém!

domingo, 13 de julho de 2008

Regras

As cores, todas são bonitas e sempre as queremos em algum lugar em nossas vidas. Uns adoram amarelo para os brincos, outros têm paixão por azul na roupa, verde no escritório, vinho para o carro e assim por diante. Se você observar bem, descobrirá que de uma forma ou de outra acaba gostando de todas as cores.
E as árvores? Existem tantas formas, variam muito entre si e se lhe pedirem para dizer a mais bonita de todas, acabaria sem resposta. Na sua individualidade cada árvore tem sua beleza particular. Ou são as folhas, ou o caule, ou a flor, o fruto, ou seja, sempre há algo bonito que a torna especial.
Nós seres humanos não fugimos da regra: sempre há algo bonito que nos torna especiais. Somos importantes por sermos quem somos. Somos parte desta engrenagem, peças valiosas. Por menor que seja a peça, faz falta quando quebra.