sábado, 28 de fevereiro de 2009

Renovação

Estava meditando!
Pensava na máxima de agradecer a tudo
que acontece em nossas vidas.
Pensei em aconselhar uma amiga com esta filosofia.
Depois pensei, que talvez fosse fácil falar,
porém difícil de executar.
Então o inesperado aconteceu.
Num repente, tudo muda,
o cenário fica quase inalterado,
mas mudanças sutis ocorreram.
Além da porta que estava aberta,
tudo parecia normal,
mas era só aparência.
Faltava meu celular,
quem sabe a caixa de ferramentas,
mas não, apenas o celular,
depois o celular do meu filhinho,
presente do papai Noel.

Depois minha carteira
com todos os documentos,
ah, os cartões, correria para cancelar,
mas estes estavam na minha bolsa, sãos e salvos.
Ufa, um certo alívio.
Meu filhinho entra em parafuso,
entretanto sente suas orações atendidas
ao me ver em posse dos cartões.
Medo! Tristeza! Raiva!
E a sensação de obrigação de

entrar em comunhão com Deus
e pedir para a pessoa que fez tal ato
seja banhada na Luz da Compreensão, do Amor.

Passa o dia, anoitece.
É tarde, mas tento, faço um pedido aos céus,
fraco, sem força, sem brilho,
talvez nem tanto assim,
talvez até mais intenso do que imagino.
Não importa, o que vale é que fiz,
é que tentei responder de forma diferente.
Que agora posso dizer a minha amiga para agradecer,
mesmo os fatos que são ruins,
pois atrás disto há o
Amor de Deus.

Para piorar, meu marido acaba de chegar,
estava fazendo a sala onde irá trabalhar.
O rapaz quebrou a porta de vidro de entrada.
Uma fortuna para colocar outra no lugar.

Pior, terá que dormi lá, pois há perigo
de alguém tentar entrar,
o que seria ainda pior.

Está difícil para ele,
mas aprendi a não viver os problemas dele.

Há de existir algo para ele aprender,
mas não sei o que é.

Vou orar, é isto!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Ética



Se a pessoa que você está interessada for comprometida
de alguma forma que seja com outra pessoa, terá que ter ética.
Não podemos fazer algo que não gostaríamos que fizessem com a gente.
Se a pessoa está envolvida e a gente aceita,
estamos passando um certificado de que
não nos importa que essa pessoa no futuro faça o mesmo papel, com uma terceira pessoa.
Fazer uma cobrança do tipo:

“ou você larga a outra pessoa e fica só comigo ou nada feito.”
Também não funciona.
O ideal é fazer a outra pessoa entender que ela é muito importante para você, mas não justifica passar por cima de seus princípios.
“Te amo, desejo sua felicidade.
Entretanto, não estarei com ninguém que
não esteja preparado para viver uma verdadeira
relação de companheirismo, fidelidade e união."
Seja firme nessa decisão.
Nunca se entregue pela metade e
nunca aceite um amor dividido,
onde você tem que ficar escondido”.
Ao se impor, denota valor.
Revele seu amor, mas sem exageros,
mas deixe claro que, apesar de amar tanto,
só ficará com a pessoa se essa assumir um compromisso de entrega.
Jamais se diminua, imante sua áurea de amor próprio.
“Te amo, mas também me amo, não faria nada para me machucar.”
Pensamento tem poderes, use-os!

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Sexo

Sexo


Sexo: é energia trocada, partilhada.
Ganhar alguém por manobras de sedução, usar nosso corpo;
nada disso justifica.

Amor é sexo e sexo é amor.
Se tivéssemos noção de quanto nossa energia é afetada
ao realizar um ato sexual desprovido de amor,
respeito, jamais nos envolveríamos sem antes
termos certeza que o parceiro realmente vale à pena.
Por isso não devemos quebrar as etapas,
ou seja, primeiro a gente conhece a pessoa,
ganha confiança, respeito amizade, consolida o amor,
para então se envolver sexualmente.
Os homens querem sexo de imediato,
instantâneo, devido às razões hormonais, culturais, emocionais, etc.
Não que a mulher não tenha hormônios, mas pela própria sobrevivência,
sabe que precisa ser cautelosa, precisa escolher bem,
precisa estar segura.
Sem contar que o sexo é uma poderosa arma,
que tanto serve para aumentar as chances ,
quanto de colocá-las à perder de vez.
Se a mulher cede rapidamente,
o homem interpreta como caça fácil,
desprovida de valor.
Tudo tem uma medida, é necessário ter cuidado
para não pisar em areia movediça.
Seu corpo é um templo sagrado.
Ame e respeite a morada do seu espírito!
Ame e respeite a si mesmo!
Sempre!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Nós somos energia

Nós somos energia,
por isso devemos cuidar para
que seja sempre positiva,
para que atraia boas experiências e
proteção.


Quando vamos conquistar alguém,
é fundamental ter uma postura que atraia,
que o outro sinta vontade e desejo de se chegar mais.
Se houver cobranças, medo, tristeza, tantos outros sentimentos correlacionados, gera uma energia de afastamento.
A comunicação também é de suma importância.
Devemos saber expor quem somos,
como somos sem assustar o outro.

Se você conhecer alguém e imediatamente
começar a fazer juras de amor,
falar em casamento, filhos e eternidade.
Muito provavelmente espantará o pretendente.
Temos que usar a inteligência,
principalmente porque as pessoas estão muito desconfiadas.
Temos que fazer a outra pessoa sentir nossa essência,
mas sem exigir nada em troca.

Temos que ser autênticos,
não adianta fingir que se é de um jeito se na verdade somos de outro.
Caso façamos isso, corremos um sério risco da pessoa desejada se apaixonar pelo personagem que criamos.
Isso jamais fará alguém feliz.
A pessoa tem que amar quem somos,
com todos os nossos defeitos e qualidades.
A conquista também exige calma,
não vamos nos revelar totalmente em um único encontro.
Aos poucos vamos mostrando quem somos e conhecendo quem é o outro.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Amar é uma arte

Amar alguém, ter um companheiro são aspirações de todos,
tanto homens quanto mulheres.
Mas o amor exige que a gente seja capaz de entender e aceitar as diferenças. Quando amamos, não podemos exigir que a outra pessoa seja como queremos, pois são pessoas livres, têm livre arbítrio.
Cada ser humano tem dentro de si várias questões que não são resolvidas,
que precisam ser lapidadas, de tal forma que nem Deus interfere.

Para sermos amados, precisamos ter amor próprio,
se nem a gente se ama,
como alguém poderá nos amar?
O amor próprio exige que a gente cuide bem de nós mesmos.
Devemos proteger nossos eus espiritual, emocional, físico e mental.
Sem essa proteção ficamos vulneráveis.
Quando amamos verdadeiramente uma pessoa,
somos capazes de deixá-la livre.
Não a aprisionamos e nem cobramos dela atitudes,
que muitas vezes nem estão preparadas para responder.
Na vida estamos capacitados para alcançar tudo que queremos,
fomos criados à imagem e semelhança do nosso Pai Celestial.

Só que tudo tem preço e devemos analisar até quanto podemos pagar.
Um relacionamento é muito complexo, imagina, já é difícil conviver com amigos, irmãos, pais, quem dirá com um parceiro.
Um parceiro amoroso, no início tudo são flores, mas quando passa aquele momento de encantamento, quando surgem às desavenças, tudo fica diferente. Quem já passou pela experiência de uma vida à dois, entende bem o que estou falando.
Quando duas almas se encontram em um mesmo teto, tudo pode acontecer, principalmente porque cada ser traz consigo o seu mundo, suas idéias e cultura.
Ao interagir com tanta diversidade é natural que surjam conflitos.
Ter maturidade é essencial para que estabeleça um equilíbrio.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

A carta que roubei

Quando adolescente roubei uma belíssima carta de amor de minha avó para meu avô, quase perdi o meu pescoço, mas estou aqui para perpetuar uma linda história de amor!
A carta foi escrita em 1930, lindíssima.

Santa Rita do Jacutinga, 1/09/1930




Saudoso Sebastião.

Amo te!

Recebi tua adora cartinha em que me dizes sentir por mim grande amor. Será isso verdade? Se fosse seria a criatura mais feliz deste mundo. Se o caminho que conduz à verdadeira felicidade é a união de dois entes que se amam, pode confiar em mim, que serei sempre sincera. Não te engano, porque se não houvesse inspirado sympathia, tinha te desenganado na primeira vez que vieste aqui. Adoro-te com mais clemência do que pode o coração humano. Serás tu o meu primeiro amor, o verdadeiro, o único da minha alma?. Não fui a festa porque nos dias estava doente, senti muito não poder assistí-la, com certeza brincaste bastante nem te lembraste de mim, é assim a tua sinceridade para com quem te ama? Peço que seja sempre sincero que eu também te serei.
Adeuszinho, aceita saudades da tua admiradora sincera.
Veronica Fonseca
Lembrança a todos os teus.


Tentei não descaracterizá-la, pois foi escrita com uma letra toda desenhada e há algumas diferenças na forma de grafar.
Gosto da parte em que ela faz um charme ao cobrar o fato dele ter ido à festa, enquanto ela morria de ciúmes em casa adoentada. Acho esse pedaço encantador!
O mais legal é saber que meu avô tinha um amor sem igual pela doidinha da minha avó. De tal maneira, que quando minha avó faleceu, o único desejo de meu avô era morrer. Tanto que quando alguém da família morria, ele tinha uma crise de raiva: "não tinha nada que morrer na minha vez."


Acho que herdei a maluquice beleza de minha avó, que sorte, né?

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Emoção

Incrível como vezes apenas uma música
nos emociona até as lágrimas.
Pena que tenho vergonha de minhas emoções.
Por quê?
Para quê?
Emocionar é tão belo,
tão nobre,
tão bom!

"É impossível não crê em Ti,
é impossível não Te encontrar,
é impossível não fazer de Ti meu ideal."


A vida é assim, cheia de curvas,
mas são nestas curvas que a gente tem chance de
vislumbrar Deus.
Mesmo para todos os cientistas
que garantem que Ele não existe.
Quando O encontram,
entende o significado da vida.
Vida é compromisso com o Amor.
Deus é Amor!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Avante!

Não fique triste.
Tente ver o lado bom,
pois sempre há algo bom
para se extrair da experiência.
Faça uma avaliação disto tudo.
Reinvente! Você pode reinventar sua história!
E olhe para frente!
Siga viagem, avante!

[:P]

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Recriar

Você tem um coração de ouro.
Um dia, ah, um dia, saberá que muitas vezes a gente
inventou nossa própria dor.
Maluco isto que acabo de dizer.
Porém é o que sinto neste exato momento.
Hoje sonhei que estava em um elevador que tenho medo.
Só tenho medo deste elevador do sonho.
Entretanto, pela primeira vez, soube distinguir
que estava sonhando.
Então decidi alterar o sonho,
mas, engraçado, não fui capaz de alterar.
A lição que eu tirei é
que estou tão acostumada a sentir
medo daquele elevador,
que tornei-me
impotente na criação de outra realidade.
Mas calma lá, esta foi apenas a primeira tentativa.
Ou seja, sou perfeitamente capaz de recriar este sonho.
Somos capazes de recriarmos nossas vidas.
Somos potentes para criarmos o que quisermos!
Basta treinar.
Tanto tempo perdido com o tal elevador,
acabou criando resistência.
Resistência, mas nunca poder de superar
a capacidade e a potência de criar novas realidades,
novos sonhos!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Aquarela

Seja firme.
A vida é doida mesmo,
vezes parece que é
pura luz,
outras,
pura escuridão.
Há dias que a gente só vê
beleza,
e há dias que nada brilha.
Ainda há aqueles dias
que tudo parece sem cor.
Tudo faz parte da costura,
que fia a trama de nossas
vidas.
A linha fica torta,
meio sem perfeição.
Entretanto, com o olhar distante,
é possível enxergar
a magia de cada parte

que constitui a tela.
Permita que o acaso
esteja presente.
Deixa as diferentes nuances
se entrelaçarem.
Pois é no detalhe inesperado,
que surge o encanto do tema.
Naquilo que não vemos
é que está a verdadeira razão.
Então deixa seu coração aberto,
para que os seres de outras dimensões
transformem sua aquarela.
Encontre novas cores,
que valorizam sua existência.
Ative o raio
verde limão,

e aprecie a verdade
de cada momento.
Retire a lição,
mesmo que seja de um sofrimento.
E continue confeccionando
a sua missão da vida!
Todos os dias,
todos os momentos!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O Dom da Vida

Foi incutido na humanidade que estamos aqui para sofrer.
Porém isto não é o desejo de Deus.
Foi para pagar nossos pecados que Ele enviou seu filho Jesus.
Deus é um pai amoroso, jamais nos castiga por cair ao aprender a andar.
"Na vida a gente erra tentanto acertar."
Já dizia meu avô.
Ser feliz é o único caminho que refaz o mundo.
Entretanto, jamais devemos pensar somente na nossa felicidade,
pois não somos uma ilha,
estamos conectados com todos que nos rodeiam.
Devemos ser responsáveis pelos nossos atos.
E honrar cada compromisso que assumimos!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Reverência!


Na vida não adianta agarrar-se as coisas e fatos,
tudo é passageiro, experiência mesmo.
Como eu iria saber o que é o sofrimento,
se não tivesse passado por ele?
Ainda hoje sofro pela decepção que senti,
mas e daí?
Não seria melhor eu perdoar?
Mas confesso que é uma tarefa difícil,
porém estou aprendendo, estou perdoando.
Tinha uma dor dilacerante no peito,
ontem ainda a senti,
mas percebo que ela está indo embora.
Estou mais leve.
As pessoas erram mesmo,
e como erram.
Meu pai me ensinou:
Toda vez que eu ficava brava,
zangada com alguém,

meu pai olhava bem dentro
dos meus olhos

e dizia:
"Filha, veja bem, olha bem para esta pessoa,
tão pequenininha, tão pobrezinha.
Não vê? Ela está cem anos atrás de você.
Pense nisto."
Então eu refletia, pensava no que havia
me zangado ou magoado e
percebia que meu pai tinha/tem razão.
Isto me dava uma leveza.
Desta forma fui aprendendo,
crescendo com uma filosofia muito linda,
pois meu pai era apaixonado pelos seres humanos.
Todos os seres humanos para ele
eram dignos de serem reverenciados.
Quando meu pai desembarcou naquela estação,
ainda tive tempo de reconhecer,
agradecer e dizer a ele:
"Pai, eu não estava cem anos a frente,
foi você quem me jogou para cima."
Sempre agradeço por ter os pais que tenho,
foram os que eu precisava,
um me ensinou amar e reverenciar as pessoas,
o outro a amar e apreciar a natureza.
Todos nós temos os pais que precisamos.
Pois cada um tem um aprendizado
diferente para efetuar.
Estas são as verdadeiras riquezas
que a gente pode ter.

Minha filha sempre diz:
"Educação é tudo, tudo mesmo,
todo mundo me adora, só porque sou educada,
digo bom dia, boa noite e vejo as pessoas."
E ela trabalha servindo, tem o maior orgulho.
Eu, como mãe, fico toda boba.
Pois passei aos meus filhos
que servir engrandece.
O ser humano está esquecido de valorizar a vida,
seja ela qual for.
O Oriente reverencia os que servem.
Nós nos envergonhamos de servir.
Pura bobagem, puro "pré-conceito".
Só quando a gente serve,
realmente estamos fazendo a vida valer a pena.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Lírio do Campo

Sempre trabalhei muito, muito mesmo.
Não que eu não gostasse, gostava e muito.
Só que virou escravidão.
Hoje cuido, cuido muito,
para fazer só o que me faz realizada.
Prefiro ganhar bem pouquinho,
mas ter liberdade.
Não ligo para a falta de dinheiro,
sou bem desapegada mesmo, mas quero viajar,
então crio jeito de ser feliz e ganhar uma grana.
Pelo menos correr o risco de ganhar uma grana.
As plantinhas bebês foram assim, uma inspiração.
Tenho as caixinhas de leite,
pois minha sogra bebe
muito leite;
Tinha as bebês que eu não sabia o quê fazer.
Então nasceu a idéia:
Bonsai de ipê amarelo!
Se der certo, posso vender.
Mas tê-las também não causará nenhum transtorno,
apenas beleza!
E estou feliz, como um lírio do campo.
Tão doido, acordo bem cedinho,
só para namorar os meus bebês.
E esta minha inspiração preenche
um pouco o vazio da vidinha da minha sogra.
Ela fica se divertindo com a minha
empolgação. Vida, sempre vida!
Isto é bom para qualquer pessoa e qualquer
ser vivente.
Sempre fico tão bobinha com as coisas,
qualquer coisa, que acaba inspirando os que estão
a minha volta.
Minha cunhada falou-me que passou a tratar
melhor a cachorrinha dela,
pois viu o quanto eu me entrego
quando cuido dos bichinhos,
que ela sentiu vontade de cuidar mais.
É que fui com ela o mês de janeiro ajudá-la a cuidar
do gato do irmão dela, pois ele viajou.
E eu sou assim mesmo, conversava até com o meu peixe.
Sei que você não acredita, mas ele falava comigo.
Ficava tão feliz quando eu chegava em casa.
As minhas crianças acreditam, pois elas presenciaram.
Mas não conto isto para ninguém, pensa que estou viajando.
Quando ele ficou velhinho, lutei com unhas e dentes para salvá-lo.
Corri feito louca, comprei de tudo, foi quando alguém perguntou-me
quantos anos ele tinha,
quando respondi a pessoa ficou espantada,
pois ele viveu quase o dobro
do que era para ele viver.
Nossa, me deu até um nó agora.
Meus olhos encheram de lágrimas,
já não posso mais escrever...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Sinônimo de amor é treinar

Sabe, vezes a gente ama, mas acredito que o amor,
na maioria das vezes que amei, foi apenas uma fantasia.
Quis, desejei, achei que era o que esperavam de mim,
então pensei estar apaixonada, amando.
Agora sei, estava treinando. Sim, "sinônimo de amor é treinar."
Escutei esta música na tv hoje, comentei com minha filha; "se seu
irmão estivesse aqui,
iria perguntar se ouviu certo mesmo: "sinônimo de amor é amar."?
Ela riu, concordou, para ele, não há perdão, tem que ser tudo certinho.
Voltando, amar é treinar, mas treinar é bom, importante mesmo.
A gente nunca sabe quando vai ser para valer, de verdade mesmo.
na real, amor de verdade não é nada, mas nadinha parecido com o amor
que é divulgado na mídia.
Muito menos o que colocaram em nossas cabeças e imaginação.
Pobre de mim, tenho uma imaginação fértil, imagina quanta besteira
cresceu em meu jardim.
hahahahahah, só rindo.
Então, o amor, ah, como é complexo, como há formas e maneira de amar.
Então ame, ame muito...........porém não espere resultados, pois estes
podem ser tão variados,
tão diferentes do que a gente espera.
Lembre-se, tudo é experiência.
Acho que fiquei mais esperta.
Muitas fichas cairam, tanto tempo perdido com bobagens,
tanto sofrimento em vão.
Ainda bem que a Bruna postou Paulo Coelho, sinceramente, não sou fã dele,
mas ele disse que a gente resolve uma questão,
depois fica se martilizando porquê a gente já não havia resolvido.
Mas devíamos nos congratular, pois após resolvido fica fácil.
Concordo, sou mestra em ficar lamentando o porquê já não havia feito isto antes?
Porquê antes eu não sabia, oras bolas!

Esses dias fui capaz de enxergar tantas coisas,
tanto sofrimento em vão.
Não é conformismo, mas na vida não adianta lutar, tem que deixar a
correnteza nos levar, se a gente se agarrar, todo o corpo dói,
é muito esforço, a vida continua,
devemos seguir, porém sempre sonhando,
sempre treinando, afinal, a gente nunca sabe,
tudo passa tão rápido, vezes alguém resolve, assim, no repente,
desembarcar na estação seguinte,
puxa, devemos continuar,
ninguém sabe o destino do bilhete.
Muitos compram bilhete para longe, alguns distraídos, ou não, compram
só para um passeio,
um passeio bem perto.
Também, ninguém sabe quem está em alguma determinada estação,
sorrindo, esperando a gente de braços abertos.
Olha, sinceramente, quando alguém está em uma estação aguardando a
gente passar,
abre os braços, naquele sorrisão imenso,
como resistir?
Sei lá, mas o coração da gente sabe,
e a gente desce, feliz da vida, vida?
Vida sim, tudo é vida, tudo, tudo vive,
eternamente vive!
Assim, meu pai foi beber uma cerveja, sem álcool,
naquela estação bem bonitinha,
que tem um rio bem limpinho,
umas árvores bem lindas, é está lá, tentando mandar uma mensagem,
sim uma mensagem,
que diz mais ou menos assim:
"Viva intensamente, seja você,
mas você mesmo,
sempre.
Aceite-se, tudo está como deve ser,
não queira acumular nada,
apenas amor.
Só o amor que a gente vive (treina) é real."

P.S.: o treina é interferência minha!
Não tenho jeito mesmo! sempre interfiro na mensagem dos outros!