segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Sinônimo de amor é treinar

Sabe, vezes a gente ama, mas acredito que o amor,
na maioria das vezes que amei, foi apenas uma fantasia.
Quis, desejei, achei que era o que esperavam de mim,
então pensei estar apaixonada, amando.
Agora sei, estava treinando. Sim, "sinônimo de amor é treinar."
Escutei esta música na tv hoje, comentei com minha filha; "se seu
irmão estivesse aqui,
iria perguntar se ouviu certo mesmo: "sinônimo de amor é amar."?
Ela riu, concordou, para ele, não há perdão, tem que ser tudo certinho.
Voltando, amar é treinar, mas treinar é bom, importante mesmo.
A gente nunca sabe quando vai ser para valer, de verdade mesmo.
na real, amor de verdade não é nada, mas nadinha parecido com o amor
que é divulgado na mídia.
Muito menos o que colocaram em nossas cabeças e imaginação.
Pobre de mim, tenho uma imaginação fértil, imagina quanta besteira
cresceu em meu jardim.
hahahahahah, só rindo.
Então, o amor, ah, como é complexo, como há formas e maneira de amar.
Então ame, ame muito...........porém não espere resultados, pois estes
podem ser tão variados,
tão diferentes do que a gente espera.
Lembre-se, tudo é experiência.
Acho que fiquei mais esperta.
Muitas fichas cairam, tanto tempo perdido com bobagens,
tanto sofrimento em vão.
Ainda bem que a Bruna postou Paulo Coelho, sinceramente, não sou fã dele,
mas ele disse que a gente resolve uma questão,
depois fica se martilizando porquê a gente já não havia resolvido.
Mas devíamos nos congratular, pois após resolvido fica fácil.
Concordo, sou mestra em ficar lamentando o porquê já não havia feito isto antes?
Porquê antes eu não sabia, oras bolas!

Esses dias fui capaz de enxergar tantas coisas,
tanto sofrimento em vão.
Não é conformismo, mas na vida não adianta lutar, tem que deixar a
correnteza nos levar, se a gente se agarrar, todo o corpo dói,
é muito esforço, a vida continua,
devemos seguir, porém sempre sonhando,
sempre treinando, afinal, a gente nunca sabe,
tudo passa tão rápido, vezes alguém resolve, assim, no repente,
desembarcar na estação seguinte,
puxa, devemos continuar,
ninguém sabe o destino do bilhete.
Muitos compram bilhete para longe, alguns distraídos, ou não, compram
só para um passeio,
um passeio bem perto.
Também, ninguém sabe quem está em alguma determinada estação,
sorrindo, esperando a gente de braços abertos.
Olha, sinceramente, quando alguém está em uma estação aguardando a
gente passar,
abre os braços, naquele sorrisão imenso,
como resistir?
Sei lá, mas o coração da gente sabe,
e a gente desce, feliz da vida, vida?
Vida sim, tudo é vida, tudo, tudo vive,
eternamente vive!
Assim, meu pai foi beber uma cerveja, sem álcool,
naquela estação bem bonitinha,
que tem um rio bem limpinho,
umas árvores bem lindas, é está lá, tentando mandar uma mensagem,
sim uma mensagem,
que diz mais ou menos assim:
"Viva intensamente, seja você,
mas você mesmo,
sempre.
Aceite-se, tudo está como deve ser,
não queira acumular nada,
apenas amor.
Só o amor que a gente vive (treina) é real."

P.S.: o treina é interferência minha!
Não tenho jeito mesmo! sempre interfiro na mensagem dos outros!

Nenhum comentário: