quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Ética



Se a pessoa que você está interessada for comprometida
de alguma forma que seja com outra pessoa, terá que ter ética.
Não podemos fazer algo que não gostaríamos que fizessem com a gente.
Se a pessoa está envolvida e a gente aceita,
estamos passando um certificado de que
não nos importa que essa pessoa no futuro faça o mesmo papel, com uma terceira pessoa.
Fazer uma cobrança do tipo:

“ou você larga a outra pessoa e fica só comigo ou nada feito.”
Também não funciona.
O ideal é fazer a outra pessoa entender que ela é muito importante para você, mas não justifica passar por cima de seus princípios.
“Te amo, desejo sua felicidade.
Entretanto, não estarei com ninguém que
não esteja preparado para viver uma verdadeira
relação de companheirismo, fidelidade e união."
Seja firme nessa decisão.
Nunca se entregue pela metade e
nunca aceite um amor dividido,
onde você tem que ficar escondido”.
Ao se impor, denota valor.
Revele seu amor, mas sem exageros,
mas deixe claro que, apesar de amar tanto,
só ficará com a pessoa se essa assumir um compromisso de entrega.
Jamais se diminua, imante sua áurea de amor próprio.
“Te amo, mas também me amo, não faria nada para me machucar.”
Pensamento tem poderes, use-os!

Nenhum comentário: