quarta-feira, 22 de julho de 2009

Transmutar dor em amor

A entidade da dor, é muito complexa, mas muito verdadeira. Chama-se corpo de dor emocional:
"Toda emoção negativa que não é plenamente enfrentada nem considerada pelo que ela é no momento que se manifesta não se dissipa por inteiro. Deixa atrás de si um traço remanescente de dor."

Do livro, que li ontem antes de dormir, na pg 126, "Um Novo Mundo" o despertar de uma nova consciência de Eckhart Tolle.

Lá aprendi a olhar tudo que acontece comigo, as reações de outras pessoas para comigo, como se fosse outra pessoa, então percebo que é só o Ego. Consigo sair da cena e entender. Então vejo que é só o Ego. Onde o Ego não atua, reina o Amor.

Somos muito maiores do que somos capazes de supor. Para fianalizar deixo esta mensagem:

"Que possamos perceber as trevas, mas nos fixemos na luz. Que cada um de nós possa fazer a sua parte para reverter a crosta densa e pesada que rodeia nossas vidas, projetando cada vez mais bons pensamentos. E usarmos a nossa força na construção e não mais na destruição. Já é hora de, definitivamente, saírmos da posição confortável de vítimas e assumirmos nossa verdadeira identidade como co-criadores do universo."


Verônica Dutenkefer
10/05/2006"

Um comentário:

LANA disse...

Lindo texto, gracias por dividir conosco!!!!!!!!!!!!