sábado, 12 de agosto de 2017

Conversando com a dor

Olá dor, venha aqui, vamos conversar um pouco.
Por que você paralisa o meu corpo? 
Por que dói tanto perder para a morte pessoas que tanto amo?
Responda dor, responda!

- Sim, estou respondendo, eu, a dor, venho até você para sinalizar.
Preciso que saiba onde quem você ama vive.
Quem você ama vive em seu coração.
Por isso seu coração também dói.
Mas quem você ama não mora só em seu coração;
Quem você ama está em cada respiração que você faz.
Respirar é um ato totalmente involuntário, mas é um ato de seu corpo, que é movido pela sua alma..
Perder para a morte as pessoas que você ama dói.
Sim, dói sim, claro que dói, pois é parte preciosa de sua vida que você sente que está sendo arrancada.
Mas nada está sendo de fato arrancado.
Está apenas mudando de dimensão.
Para uma dimensão maior, mais bela e mais viva.

- Eu tenho medo de perder o endereço destas pessoas.

- Sim, eu sei, seu corpo sabe, seu coração sabe, sua mente lógica sabe.
Mas sua alma e sua mente intuitiva também sabem que não vai perder o contato;
Não vai perder o endereço.
Você sempre será avisada onde estão as pessoas que lhe são tão preciosas.
As pessoas com as quais você entregou seu tempo
Você entregou o seu melhor.
Não chore, ou melhor, pode chorar, deixe suas lágrimas lavarem sua alma
Chore porque há dor e essa dor precisa ser expressa, precisa ser liberada.
E acredite, toda vez que seu coração lembra de quem você tanto ama, essa pessoa recebe essa energia.
Porque energia não se represa, energia não fica, energia expande e alcança a quem a ela se destina.
Por isso que não se deve encaminhar sua raiva, porque ela chega.
E  deve evitar todo e qualquer dissabor, porque ele também afeta.
E quando mantém mais energia de amor, gratidão e perdão, sua vida fica mais leve, mais fácil
Este é o caminho para fugir do tráfego e caminhar por veredas de paz e harmonia.
Tem mais:
Você se cobra muito, está sempre se cobrando, por que?

- Porque eu ainda não sei, talvez porque quero fazer o meu melhor.

- E você acredita que está se esforçando para fazer o seu melhor?

- Sim, eu penso que faço o meu melhor, mas nem sempre faço.

- Como assim, como alguém busca fazer o seu melhor e não faz? Acha mesmo possível isso?

- Não, não é possível isso, tem razão, se busco fazer o meu melhor, então estou fazendo o meu melhor. Acredito que quando coloco um objetivo maior, eu serei mais determinada.

- Você tem que colocar metas menos exigentes, mais fáceis, assim, vai fortalecendo sua capacidade de realizar.
Vai ficar fortalecida e capaz de ir além, então, agora, faça assim, coloque-se metas menores e permita-se concluir, desta forma a cada vitória conquistada, você se sentirá mais animada e terá maiores condições de realizar outros feitios. Tem mais, quando não puder concluir, entregue a intenção de fazer para o universo, pois o universo, a vida querem contribuir com você e assim o que você ainda não fez na matéria, os espíritos das coisas farão a parte pesada para você. Compreende? É preciso compreender e aceitar essa ajuda, seja humilde e receba com alegria os presentes da vida. Veja o lado bom dos acontecimentos. 
Agora pare, respire profundamente e acolha o que lhe foi dito.
Cuidar de você é ampliar sua percepção para alcançar o lado positivo de cada fato que acontece no seu mundo físico. Você atualmente vive em um mundo dual, onde há um aspecto positivo e um aspecto negativo desta sua experiência aqui na nave Terra.
Reflita!


- Gratidão!

Um comentário:

Eloi Carlos Machado Machado disse...

linda palavras minha irmã.que somente voce sabe o tamanho que essa alma tem.gratidao .