sábado, 27 de outubro de 2012

Pedaço de carta para uma amiga


Agora estou meio com vontade de sentir pena de mim mesma, mas estou com pouca disposição para isso. Falta-me vontade também para arrumar uma briga daquelas só para arrecadar um pouco de energia.
Já percebeu como é insano essa terrível mania que nós, os ditos humanos, temos de arranjar energia? Energia proveniente do caos que só alimenta mais caos. Estou enjoada disto. Estou escolhendo a paz e a harmonia. Sei que este nosso mundinho é medíocre no que tange às energias positivas. Não que eu esteja negando a dualidade, não mesmo. Mas escolho a unidade, a unidade que insere a força do amor.

Nenhum comentário: